Notícia

CNDL apoia derrubada do veto do Refis para os pequenos negócios

  • 24 de janeiro de 2018 - 14:15

O projeto de recuperação fiscal (Refis) para as micro e pequenas empresas ganha reforço do setor produtivo brasileiro

O superintendente da CDL-DF, Antônio Xará, representando a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), se reuniu na última quinta-feira (18), em Brasília, com outras 16 entidades do setor produtivo brasileiro para alinhar estratégias de divulgação para a derrubada do veto ao Refis aos pequenos negócios. Acompanhados dos parlamentares e do presidente do Sebrae, as entidades deverão iniciar a mobilização do Congresso Nacional por meio de reuniões com os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Eunício Oliveira.

A matéria, que foi aprovada por unanimidade pelo Congresso Nacional em dezembro, deve entrar na pauta da Casa após a votação da Reforma da Previdência, prevista para o dia 19 de fevereiro. De acordo com o presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif, a derrubada do veto necessita de consenso político e não pode ser misturada à aprovação da Reforma da Previdência.

“Não podemos misturar a agenda da Previdência com a questão do Refis. A reforma não tem consenso de votação, mas a derrubada do veto e a política da micro e pequena empresa é uma das poucas questões em que existe consenso político. Usar de barganha, jogar uma matéria contra a outra, seria jogar contra o país”, comentou Afif.

O senador José Pimentel aproveitou a reunião para destacar que o argumento de prejuízo à arrecadação fiscal não procede. “Prejuízo é ficar sem receber. E sem dar condições para essas empresas parcelarem as dívidas nos mesmos moldes que foi concedido às grandes empresas, elas vão fechar as portas”, afirmou Pimentel.

*Com informações da Agência Sebrae de Notícias