Déficit de mão de obra qualificada é debatida em reunião na CDL Palmas

  • 28 de julho de 2022 - 14:04



Nestes dois últimos anos em que o mundo enfrentou uma crise sanitária ocasionada pelo Coronavírus, a população mundial teve que se reinventar. Essa reinvenção passou por todos os campos, principalmente na área profissional, que foi impactada com um grande número de demissões.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2020, o número de desempregados no Brasil atingiu 13,4 milhões de pessoas, já em 2021, esse número caiu para 12 milhões, número ainda preocupante.

Mesmo com índices ainda bem expressivos de desemprego, as empresas encontram grande dificuldade para realizar novas contratações e algumas razões como por exemplo, o crescimento no número de MEIs, e a falta de qualificação por parte de quem procura emprego, foram apontados.

Buscando soluções para o déficit de mão de obra qualificada na capital, identificado na última pesquisa publicada no início deste mês, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Palmas, realizou uma reunião, na tarde desta quarta, 27, com integrantes de instituições que possuem como foco a qualificação de mão de obra e geração de emprego.

Participaram da reunião o Presidente da CDL Palmas, Silvan Portilho, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Gustavo Bottós, acompanhado da Superintendente de Inclusão Produtiva e Social, Flávia Donato, a Diretora Regional do SENAI, Márcia Rodrigues, a Diretora Regional do SENAC, Lunáh Brito, o superintendente do CIEE, Wenes Neto e Gisele Medrado e Izadora Honório, que representaram na ocasião, o Superintendente do IEL, Charles Elias.

“É de suma importância falarmos sobre essa dificuldade encontrada por parte dos empresários, visto que, há muitas vagas de trabalho em aberto na capital. Nosso objetivo, nessa reunião, é encontrar um modo de resolvermos este problema que atrapalha tanto o crescimento do comércio e consequentemente o desenvolvimento da capital”, explica o presidente da CDL Palmas, Silvan Portilho.

Ao fim da reunião, ficou deliberado um próximo encontro, no dia 10 de agosto, com a participação de outras entidades para a apresentação de soluções para este déficit.